Edit

About Us

We must explain to you how all seds this mistakens idea off denouncing pleasures and praising pain was born and I will give you a completed accounts off the system and expound.

Contact Info

 Como manter um relacionamento saudável com seus filhos durante a pandemia

Esta crise mundial pegou a todos de surpresa.  Trazendo com essa quarentena uma sobrecarga ainda maior para as mães. Com o desajuste de suas rotinas, finanças, relacionamentos, somado ao bombardeio de informações, o nível de stress aumenta e seu comportamento pode ficar alterado. Nos vemos tendo que lidar com nossas próprias emoções e ao mesmo tempo ajudar os filhos a passarem por todas estas mudanças.

Neste momento, como mães, temos realidades diversas. Temos lares onde as crianças estão ociosas por não terem aula e já outros, se adaptando rapidamente com aulas virtuais. Deve-se considerar que já estávamos acostumadas com as atividades escolares de “para casa” com nossos filhos, e é bem diferente de ter que realizar as atividades que seriam ensinadas em sala de aula. Isso envolve um tempo maior e conhecimento especifico. Frustação e exaustão, além da insegurança e a ansiedade, podem estar desequilibrando até mesmo uma relação que antes era saudável entre mãe e filho. Afinal, temos que ajustar na rotina mais 5 horas que o filho estaria na escola, estando em casa.

Mediante a tudo isso, o que fazer?

A declaração das mães Luana e Ellen podem exemplificar como é ser mãe na quarentena.

Luana Urtado Gregório Esteves é bancária. Mãe do Pedro Henrique, 10 anos e João Henrique, 3 anos. Ela relata: “Aqui em casa, eu o meu marido trabalhamos fora, e minha sogra é quem cuida das crianças. Com essa pandemia, tive que me reinventar como mãe, dona de casa, e profissional. Mudanças rápidas: meu trabalho agora é Home Office, o Pedro tem aulas online e o pai segue a rotina. Confesso que no início achei que ficaria doida, pois as crianças não entendiam que tínhamos agora uma rotina totalmente diferente. Sabedoria passou a ser meu principal objetivo, pois com o isolamento me senti sobrecarregada. A escola tem sido o maior desafio, aulas online e a sensação de excesso de atividades. Com o João não mudou muita coisa, porque ele ainda não está na escola e me ter por perto é uma grande festa. Mas com o passar dos dias, tudo foi se ajeitando, fizemos a divisão das tarefas domésticas com a participação de todos, assim organizamos a nova rotina. Hoje consigo tirar muita coisa boa disso tudo. Fico feliz em acompanhar e auxiliar o desempenho escolar do Pedro. Ainda arrumamos um tempinho para nos divertir, jogar e brincar. Tenho oportunidade de manter o trabalho, passar mais tempo com os meus filhos e dar valor nas pequenas coisas. Fizemos coisas juntos que nunca havíamos feito. E estou dando mais carinho e atenção para minha família, para os maiores e melhores presentes que Deus me deu, meu esposo e filhos!”

Ellen Santos Andrade, atendente de telemarketing. Mãe do Rogério de 7 anos, Alexia 6 anos e Jhennifer 4 anos. Ela resume o desafio, pontua os pontos negativos e positivos. Descreve que “está sendo desafiador. Eles estão mais agitados, comendo além do normal e mais briguentos… (risos). Mas ao mesmo tempo estamos mais próximos, tiramos mais tempo para estudar a Bíblia, fazer brincadeiras e praticar a leitura para quando as aulas voltarem eles não sentirem tantas dificuldades. A nossa rotina ficou mais intensa. Acordamos e fazemos o culto, cuidamos da casa e almoçamos. À tarde eles vão brincar, fazer tarefas da escola e pra finalizar o dia fazemos o culto em família”.

Em minha casa também tivemos que nos adaptar. Somos uma família ministerial, meu marido é pastor da Igreja Adventista e temos a Ana de 10 anos e André de 7 anos.  Moramos em um apartamento pequeno e como não temos quintal, eles ficam realmente restritos neste espaço. Os dois têm personalidades e necessidades bem distintas. Ana tem a maior atenção com as aulas online, ela até escreveu sua própria rotina para manter seu dia organizado. O André quer fazer de tudo… menos as atividades da escola. Ele passa o dia fazendo origami, montando lego, desenhando, brincando, assistindo vídeos de curiosidades e desenhos. As teimosias e implicância entre eles também aumentaram durante a quarentena. Para nos mantermos unidos jogamos, brincamos, gravamos lives e fazemos desafios pelo Facebook. Incrível como essa geração já é online! Tentamos conversar mais para que todos possam expressar seus sentimentos. E em nossos cultos familiares nos enchemos de esperança para trazer segurança porque Deus cuida de nós. Imprescindível o apoio do marido nas atividades rotineiras no lar, envolve os filhos, nos mantem unidos, diminui a minha sobrecarga e ajuda na gestão do tempo.

Podemos perceber que a adaptação a uma nova rotina foi fundamental para que as famílias continuassem funcionando bem. As mães citadas se atentaram ao fato de que precisavam cumprir os compromissos e afazeres do dia a dia e também separar tempo para interagir com os filhos em momentos de maior descontração como brincadeiras, jogos e cultos familiares. Envolver todos os membros da casa nas atividades domésticas também é uma ótima dica. Estas atitudes promovem um sentido de unidade, trazendo estabilidade, satisfação e esperança.

Mãe, tire algum momento do dia para fazer algo por você. Como passar um tempo com Deus, ler um bom livro, fazer artesanato, assistir filmes, etc. Isso vai recarregar suas baterias. Promova atividades produtivas com as crianças. Pinte, cozinhe, invente… se permita!  A rotina é útil para a organização e não escravidão para ajudar e não estressar. Agora não é o momento para rigidez, a flexibilidade pode fazer o seu dia mais leve.  Estamos vivendo na era do #ficaemcasa, e estando em casa eu prefiro #fiquejunto!

Sugestões de sites para aproveitar com a família:

Jogos:

Jogo da verdade em família – https://www.construirnoticias.com.br/jogo-da-verdade-em-familia/

Brincadeira de criança com perguntas e respostas – https://www.tempojunto.com/2014/09/15/brincadeira-de-crianca-com-perguntas-e-respostas/

Desenhos infantis:

NT Kids – https://www.youtube.com/ntkids

Feliz 7 Play Kids – https://www.youtube.com/feliz7kids

Séries infantis, saúde e família

Vídeos de Esperança – https://www.youtube.com/user/VideosdeEsperanca

Feliz 7 Play – http://www.feliz7play.com/pt/

Feliz 7 Play Saúde – https://www.youtube.com/feliz7saude

 

Autora do artigo:
Adriana Cassimiro da Silva é pedagoga, pós graduada em Violência Doméstica Contra a Criança e ao Adolescente e Supervisão Escolar. Casada com o pastor Giuseppe Alves e mãe da Ana e do André.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.